> Sindicalize-se já! Clique aqui.
 
PRÊMIOS >> VER MAIS MATÉRIAS DESTA CATEGORIA
PRÊMIO MAPA DE JORNALISMO 2010
Publicado em 21/12/2009 17:44:31
Por Da Redação
PRÊMIO MAPA DE JORNALISMO 2010 O Prêmio Mapa de Jornalismo é um projeto institucional do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa, criado para compor a agenda comemorativa dos 150 anos de criação do Mapa, que ocorrerá em 28 de julho de 2010.

O Prêmio Mapa de Jornalismo visa estimular e reconhecer trabalhos sobre as “iniciativas inovadoras na agricultura com práticas conservacionistas”, procurando valorizar profissionais que têm se dedicado a abordar o tema, possibilitando a qualificação da cobertura jornalística realizada em todo o País.

O Ministério da Agricultura acredita que a mídia, por difundir informações e contribuir para a formação de opinião, tem um papel fundamental no desenvolvimento sustentável do agronegócio.

Regulamento

1. Objetivos

O Prêmio Mapa de Jornalismo, de abrangência nacional, tem como objetivos:

1.1 - Estimular a divulgação, por meio de veículos de comunicação, de tecnologias e práticas conservacionistas geradas pela cadeia produtiva e pesquisa agropecuária, contribuindo para a modernização do agronegócio brasileiro.

1.2 - Valorizar o uso de tecnologia e a preservação dos recursos naturais como fatores de melhoria da qualidade de vida da população.

1.3 - Reconhecer e premiar trabalhos jornalísticos que se destaquem por terem tornado acessíveis ao público informações sobre tecnologias, produtos e serviços incentivados pela política agropecuária.

2. Tema

Iniciativas inovadoras na agricultura com práticas conservacionistas Relatório divulgado em 2008, pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), aponta que o Brasil lidera a lista de países com mais condições de ampliar a sua produção agrícola nos próximos anos. Isso inclui terra disponível, tecnologia de ponta, profissionais qualificados e clima favorável. Porém o futuro da agricultura nacional depende também da adoção de práticas sustentáveis que permitam a conservação do solo e a preservação do meio ambiente.

Atualmente, em mais de 50% da área de grãos cultivada no Brasil se utiliza o plantio direto, uma das práticas conservacionistas. Por meio dela é possível aumentar a produtividade da lavoura e, ao mesmo tempo, com o uso da palha, ampliar os teores de matéria orgânica, reduzindo o uso de fertilizantes e protegendo o solo contra a erosão.

A sustentabilidade é essencial para que o Brasil tenha condições de manter e aumentar a sua posição de destaque na produção mundial de alimentos. Por isso, o uso dessas e de outras tecnologias, como os sistemas Orgânico e de Integração Lavoura-Pecuária-Silvicultura, devem fazer parte da rotina dos agricultores nacionais.

3. Inscrição

3.1 - O ato de inscrição implica sujeição ao presente Regulamento.

3.2 - Serão aceitas somente reportagens publicadas e veiculadas no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2009.

3.3 - O prazo para inscrição dos trabalhos tem início em 28 de julho de 2009 e encerra-se, impreterivelmente, em 31 de dezembro de 2009. 3.4 - Para efetivar a inscrição, o material e a Ficha de Inscrição, com todos os campos preenchidos, deverão ser endereçados à Comissão Organizadora do Prêmio, em envelope lacrado, mediante remessapostal, via Sedex, ou similar, ou carta registrada. O carimbo postal servirá como comprovação da data de envio.

3.5 - O endereço para postagem é: Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa. Esplanada dos Ministérios, Bloco D, 8º andar. CEP 70043-900 – Brasília-DF.

3.6 - Cada autor poderá participar de uma ou mais categorias, com limite de até três trabalhos, por categoria. Para cada trabalho apresentado, deve ser preenchida uma Ficha de Inscrição específica.

3.7 - Cada trabalho só poderá ser inscrito em uma categoria. 3.8 - As reportagens com mais de um autor devem ser inscritas por apenas um deles. Porém deverão ser anexadas as autorizações de todos os integrantes da equipe de produção à Ficha de Inscrição que acompanha o material a ser avaliado.

3.9 - O profissional inscrito será o único responsável oficial pelo trabalho junto ao Mapa, cabendo-lhe representar a matéria em caso de classificação, responder aos comunicados enviados pela coordenação do Prêmio Mapa de Jornalismo, comparecer ao local da premiação e receber o prêmio. No caso de impossibilidade, deverá comunicar à coordenação, por escrito, o nome do seu substituto.

3.10 - Os trabalhos, assim como todo o material enviado para a inscrição, não serão devolvidos. Em caso de inscrição de mais de um trabalho do mesmo concorrente, cada trabalho deve ser enviado em envelope separado, com toda a documentação exigida neste Regulamento.

3.11 - Em caso de trabalho sem assinatura, ou assinado com pseudônimo, sua autoria deverá ser atestada em declaração por escrito da direção ou das chefias do veículo de comunicação.

3.12 - Serão colocados em julgamento, apenas, os trabalhos escritos e veiculados em língua portuguesa.

3.13 - Não serão permitidas inscrições de publicações inteiras (jornais, revistas, publicações institucionais), assim como de sites, programas de televisão e rádio (variedades). Serão considerados, para efeito de inscrição, somente os trabalhos que abordarem o especificado no item 4 (Categorias).

4. Categorias

4.1 - Jornalismo impresso

Concorrerão reportagens, coberturas sequenciadas de eventos e cadernos especiais veiculados em revistas e jornais brasileiros sobre o tema estabelecido. Deverão ser enviados um original e cinco reproduções do trabalho, devendo estar visíveis o nome do veículo e a data da publicação.

4 Critérios de avaliação:

»» adequação ao tema;

»» qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);

»» iconografia (qualidade e equilíbrio de fotos e ilustrações); »» criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);

»» estratégia utilizada; »» serviços e pesquisas de interesse do público-alvo. 4.2 - Radiojornalismo

Concorrerão reportagens e programas sobre o tema estabelecido veiculados em emissoras de rádio brasileiras. Deverão ser enviados um original e cinco reproduções do material, em CD-ROM, constando identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e a sua duração em minutos.

Critérios de avaliação:

»» adequação ao tema;

»» qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);

»» qualidade do áudio;

»» qualidade da locução;

»» qualidade da trilha sonora;

»» criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);

»» estratégia utilizada;

»» serviços e pesquisas de interesse do público-alvo.

4.3 - Telejornalismo

Concorrerão reportagens sobre o tema estabelecido veiculadas em emissoras de televisão (canal aberto ou fechado) brasileiras. Deverão ser enviados um original e cinco reproduções do trabalho em DVD, constando identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e sua duração em minutos.

5-Critérios de avaliação:

»» adequação ao tema;

»» apresentação;

»» qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);

»» qualidade do áudio;

»» qualidade de imagem;

»» fotografia;

»» qualidade da trilha sonora;

»» criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);

»» serviços e pesquisas de interesse do público-alvo. 4.4 - Internet

Poderão concorrer nesta categoria reportagens eletrônicas veiculadas em sites brasileiros sobre o tema estabelecido. Deverão ser enviados um original e cinco reproduções do trabalho, em CDROM, constando identificação do autor, do site e a data em que foram postadas na página.

Critérios de avaliação:

»» adequação ao tema;

»» design;

»» qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);

»» estrutura de navegação (oportunidades de links para páginas ou sites correlatos, entre outros);

»» recursos audiovisuais e multimídia;

»» criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);

»» serviços e pesquisas de interesse do público-alvo. 5. Seleção e Regulamento

5.1 - O julgamento dos trabalhos será coordenado pela Assessoria de Comunicação Social do Mapa.

5.2 - O não cumprimento dos prazos indicados no item 3.2 e a falta dos materiais e documentos previstos do item 3.3 ao item 3.10 implicarão na desclassificação do(s) candidato(s).

5.3 - A Comissão Julgadora será composta por, no mínimo, cinco jornalistas, entre profissionais de comunicação de reconhecida competência, estando incluído um representante do Mapa.

5.4 - O julgamento será feito mediante notas atribuídas pelos membros da Comissão Julgadora a cada um dos trabalhos inscritos nas quatro categorias. As reportagens que não se adequarem ao objetivo e ao tema do prêmio serão desclassificadas.

5.5 - O Prêmio Mapa de Jornalismo será entregue aos trabalhos que, em cada categoria, obtiverem a indicação dos jurados para 1°, 2° e 3° lugares.

5.6 - A Comissão Julgadora, a seu critério, poderá não atribuir o prêmio a uma ou mais categorias, não necessitando justificar tal decisão.

5.7 - As decisões da Comissão Julgadora serão homologadas pelo Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sendo soberanas e irrecorríveis, com o que concordam os inscritos ao assinarem a Ficha de Inscrição.

6. Premiação

6.1 - O Mapa concederá aos trabalhos vencedores, de cada categoria, prêmio pecuniário sobre o qual será descontada parcela relativa ao Imposto de Renda, conforme descrito a seguir:

1º lugar - R$ 15.000,00 (quinze mil reais)

2º lugar - R$ 10.000,00 (dez mil reais)

3º lugar - R$ 5.000,00 (cinco mil reais)

Parágrafo Único - Caso a reportagem selecionada tenha dois ou mais autores, o valor do prêmio será dividido entre eles, sendo o pagamento efetuado ao responsável pela inscrição ou substituto por ele indicado.

6.2 - A entrega dos prêmios será feita em solenidade pública promovida pelo Mapa.

7. Divulgação do Resultado

7.1 - O resultado do Prêmio Mapa de Jornalismo e a respectiva relação dos premiados serão divulgados no portal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no endereço www.agricultura.gov.br.


Fonte: www.agricultura.gov.br

COLUNA | | MATÉRIA PUBLICADA EM 2/2/2010 14:50:38>>
Em Linhas Gerais
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 21/1/2010 11:14:23>>
Brasília receberá curso focado em Assessoria de Imprensa
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 21/1/2010 11:13:23>>
Presidente do Grupo Abril anuncia a criação de uma Escola Superior de Jornalismo
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 21/1/2010 11:10:04>>
MP se reúne com Sinjor para esclarecer recomendação a sites
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 20/1/2010 17:57:02>>
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PRA REGULARIZAÇÃO DE PROVISIONADOS E NOVOS REGISTRO
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 20/1/2010 17:48:51>>
Toda empresa deveria saber o poder do jornalismo - Por Laércio Guidio *
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 20/1/2010 09:09:08>>
Sinjor mantém reunião com promotor que fez alerta a sites
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 19/1/2010 17:27:51>>
Instituto Brasileiro de Museus abre concurso com oito vagas para jornalistas
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 19/1/2010 17:26:36>>
Fenaj diz que entidades patronais impedem o avanço da democracia
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 19/1/2010 17:24:16>>
Em editoriais, O Globo e Estadão criticam Conferência de Cultura
NOTÍCIAS | | MATÉRIA PUBLICADA EM 18/1/2010 23:05:38>>
Organização oferece curso online sobre Cobertura Eleitoral e Democracia
ENQUETE
NEWSLETTER
 
SINJOR Desenvolvido por Aldrin Willy ---ADM